Artigos

Lesões nos ligamentos do joelho é mais comum do que você imagina. Saiba porquê!

Os ligamentos exercem a principal função de estabilizar as articulações e juntas, ou seja, impedir que um osso se desloque sobre o outro. Durante a prática das atividades esportivas (predominantemente esportes coletivos), os indivíduos encontram-se expostos a movimentos torcionais bruscos, e por isso acaba sendo muito comum ter uma lesão nos ligamentos, principalmente dos joelhos, levando aos rompimentos dessas estruturas.

O joelho é uma das articulações mais acometidas por este tipo de lesão. Isso acontece porque ele apresenta, a grosso modo, 4 principais ligamentos entre a tíbia e o fêmur (dois colaterais e dois cruzados), sendo as lesões mais frequentes do colateral medial e o cruzado anterior.

O espectro de gravidade varia desde uma entorse (distensão ligamentar) até sua ruptura completa, desta forma, seu tratamento varia de acordo com quais ligamentos foram lesados, qual grau da lesão e quais as expectativas do paciente. Durante a prática desportiva, pode acontecer uma rotação anormal do fêmur em relação à tíbia – o que leva à essa lesão.

Os principais sintomas quando isso acontece são dor, inchaço (edema), dificuldade de locomoção e falseio na região interna do joelho acometido, além de um inchaço e, em alguns casos, hematomas.

O diagnóstico para confirmar que houve uma lesão é feito através de exames como a Radiografia, exames de raio-x e ressonância magnética. O tratamento varia desde fisioterapia até, em alguns casos cirurgia.